10 janeiro 2008

O Homem do Momento

A noite em que o nosso Joaquim Casimiro mais brilha é o dia 10 de Janeiro.Alguns perguntarão, porquê???
Das teorias, das teses e das conjunturas que vão usar para explicar este enigma, é justo, ou melhor, é absolutamente necessário começar esta crónica pelo fabuloso facto que aconteceu há 46 anos.
Um nascimento assim não envergonharia o menino Jesus, e é mais ou menos como um eclipse solar: um evento cósmico que, se tivermos sorte e estivermos no sítio certo à hora exacta, podemos ter o privilégio de presenciar apenas uma vez na vida e para o qual nem é conveniente olhar directamente sob risco de cegueira, tal a intensidade do seu brilho.
Podem gozar, mas neste dia, todos os anos o Joaquim Casimiro é assim...Parabéns.

Sem comentários: