17 abril 2011

Demostração de coragem leva o Alcácer F.C. à 5ª vitória consecutiva!

Jogo de loucos no Estádio Municipal de Alcácer do Sal. A formação do Alcácer do Sal Futebol Clube - Veteranos venceu a Associação de Veteranos Amigos Morenses, por 4-3, depois de ter estado a perder por dois golos a zero e três golos a um, em jogo realizado ontem, 16 de Abril, em Alcácer do Sal.

Num dia de intenso calor nada fazia prever o esforço que os praticantes do Alcácer do Sal Futebol Clube - Veteranos teriam de fazer para levar de vencida os nossos amigos de Mora. Mas vamos aos factos deste jogo «infernal»...

Ainda os jogadores de Alcácer do Sal estavam a fazer o estudo dos adversários quando uma perda de bola da defesa deu origem ao primeiro golo dos Amigos Morenses. Numa rápida jogada individual o avançado de Mora aparece isolado e atira para o fundo das redes da nossa baliza.

E o Mister José Lima gritou:

- Mas o pessoal ainda está a dormir a sesta? Acordem seus...

Este grito surtiu efeitos e os praticantes de Alcácer do Sal começaram a pressionar os jogadores de Mora. Algumas boas jogadas não foram concretizadas em golo, mas fizeream acreditar que poderíamos dar a volta ao jogo!

Mas se pensavam que era possível, num rápido contra-ataque o Morense dilatou a vantagem dez minutos depois. Afinal a reviravolta era possível ou não?

E o Mister José Lima gritou: - Estes gajos são uns coxos! Está aqui, está tudo no olho da rua...

E como os praticantes de alcácer ainda tinham algum brio, na jogada seguinte conseguem isolar o Pedro Bernardo que faz o 1-2. A reacção começou nesse momento.

E o Mister José Lima disse: - Estão a ver, assim é tão fácil! Agora vamos ao segundo...

Pois é Mister, mas mais uma vez e na marcação de um livre a equipa não defendeu como devia e sofreu o terceiro golo. Depois de ser devolvida pelo poste a defesa não aliviou a bola e o avançado do Morense só teve de empurrar a bola para dentro da baliza.

E o Mister José Lima gritou:

- Não vale a pena! Nem depois de tantos avisos eles conseguem acordar...

Num jogo disputado e em que as equipas repartiam oportunidades começava a brilhar o jovem guarda-redes que veio de Mora. Depois de duas ou três grandes intervenções, os nossos avançados começaram a aperceber-se que teriam de ser mais objectivos.

Mas tal viria a acontecer. Depois de um cruzamento rápido o nosso avançado Pedro Bernardo aparece ao primeiro poste e de cabeça faz o segundo golo do Alcácer do sal F.C.

E o Mister José Lima gritou: - Estás a ver Pedro! Ele sabe defender mas essa só com os olhinhos...

O jogo estava ralançado, mas o apito para o intervalo chegou e os jodadores tiveram um merecido descanso.

Na segunda parte o jogo foi muito disputado e a defesa de um penalty pelo guarda-redes do Alcácer do Sal F.C. mostrou que a sorte do jogo teria de ser nossa.Sem que a equipa funcionasse em pleno, mas demostrando uma enorme coragem os praticantes de Alcácer do Sal iam tendo uma atitude de quem queria marcar.

E numa jogada de ataque a bola chega aos pés do Manuel Heleno que avança sózinho para a àrea e, antes de tentar enfrentar os defesas, disfere um tremendo remete e mete a bolinha no ângulo superior esquerdo da baliza. Um golaço em qualquer parte do mundo. O empate a três estava conseguido... à bomba...

E o Mister José Lima gritou:

- Tinha que ser o meu Manél! Mesmo a sofrer das ancas joga mais do que muitos com 30 anos...

Mas o melhor do jogo ainda estava para chegar. Uns minutos depois o Aníbal da Ascenção, começa a progredir pela esquerda, passa um, em drible, avança passa o segundo e o terceiro numa de correria de loucos, entra na àrea, pela linha de fundo, flecte para a quina da pequena àrea e «fuzila» a baliza do Morense. Estava feito o 4-3 final.

E o Mister José Lima gritou:

- Estavas mesmo para sair, não estavas a jogar nada! Agora vais ficar aí o resto do jogo, que mereces...

a partir desta altura e até ao final do jogo o Morense lá foi tentando empatar mas as melhores ocasiões pertencaram ao Alcácer do Sal F.C. que, em contra ataque, ainda poderia ter marcado mais um ou dois golitos...

E assim: 5ª vitória consecutiva para o emblema de Alcácer do Sal.


Quanto á terceira parte a mesma foi de excelente convívio como costuma ser sempre que duas equipas de veteranos se encontram, porque a amizade existente entre todos é o mais importante. O nosso obrigado ao Paulo da «Candeia» que nos serviu uma excelente jantar de convívio.



FICHA DO JOGO - Estádio Municipal de Alcácer do Sal

Árbitro: António Caldeira Silvério

Alcácer do Sal F.C.: Joaquim Quintas; José Leitão, António Costa, Helder Miguel; José Marques; Rui Torres; João Moura; Manuel Madeira; Carlos «Pancho»; João Campos e Pedro Bernardo.


Resultado ao Intervalo: 2-3.

Resultado Final: 4-3.


Marcadores: Pedro Bernardo (28 e 40m), Manuel Heleno (57m) e Aníbal da Ascençãoc(66m).

1 comentário:

Carla Ascenção disse...

Tirando o Aníbal da "Conceição" a reportagem está excelente!
obg.Zé Marques.