30 setembro 2013

O acaso e a necessidade: o triunfo da amizade!

O que é "ganhar", e o que é que realmente "ganho"?
Foi nos longos dias  do Verão de 2012 que o acaso nos juntou. Mas a necessidade diz-nos que o nosso caminho comum vai ser longo.
A desistência de uma equipa abre sempre uma brecha no calendário de jogos e o preenchimento dela é sempre difícil.
O acaso ia ditar que a equipa de Monforte poderia jogar connosco nessas datas.
E foi um feliz acaso.
A equipa do Alcácer do Sal F. C. - Veteranos tem a honra de afirmar que já jogou três vezes com os Veteranos do F. C. Monfortense. E queremos dizer que pretendemos jogar muitas mais. O acaso transformou-se numa necessidade. Tornámo-nos parceiros do jogo e queremos sê-lo.

Diz-se que o Xá da Pérsia, durante uma visita à Inglaterra, se recusou a assistir a uma corrida de cavalos, alegando saber muito bem que alguns cavalos correm mais depressa do que os outros.

O que é "ganhar", e o que é que realmente "ganho"? Ganhar significa manifestar superioridade num determinado jogo, mas não só. Neste jogo com os amigos de Monforte ganhámos mais do que apenas o jogo. Ganhámos a estima, conquistámos a amizade. O êxito obtido é dos atletas e das equipas em campo. Já não é um jogo desportivo mas um jogo social de afectividades.
Neste simples jogo de futebol o valor cultural torna-se evidente: os valores físicos, intelectuais, morais ou espirituais também são capazes de elevar o jogo até o nível cultural.

Pois é: e querem saber o resultado do jogo?
Se querem realmente, perguntem a um dos intervenientes do grupo.

Mas não pensem que correu tudo bem. Há sempre muitos aspectos a melhorar. A ausência dos responsáveis do clube trouxe algumas incertezas. Mas este é também um factor que devemos procurar melhorar na próxima recepção aos amigos de Monforte.
A confraternização final foi excelentemente servida pelo restaurante «Sabores da Avó» o que nos leva a concluir que temos de lá ir mais vezes.

Sem comentários: