05 março 2015

Do Meininger até Red Light

Finalmente chegámos à Holanda: Amsterdam Schiphol Airport.
Comprámos um «Amsterdam Travel Ticket» para 72 horas e dirigimos-nos, de autocarro, até Amsterdam Slotyerdijk Station. E daqui ao Hotel Maininger foram dois minutos a pé.
Depois do check in no Hotel, o que demorou algum tempo, estávamos preparados para ir ao centro de Amesterdão.
Mas como a fome já era muita os praticantes tiveram de comer umas sandes e beber umas «Jupiter»!
Devagar as pessoas começaram a reunir-se e a debater o que era prioritário fazer.
Claro que o almoço era necessário e fundamental mas, com muita surpresa, viemos a saber, pelo nosso guia, que na Holanda, e em particular em Amesterdão, não havia almoço.
- O quê? Não almoçam? será que não haveria um qualquer restaurante que servisse um almoço substancial?
Não podíamos desistir tão facilmente.

Depois de reunido o grupo regressámos à Slotyerdijk Station e depressa nos dirigimos à Central Station, mesmo no centro de Amesterdão.
Bicicletas e mais bicicletas. Um enorme rebanho de bicicletas. Bicicletas por aqui e bicicletas para além. Há tantas bicicletas nas ruas e estradas que encontrar um local para as deixar, sobretudo à noite, é quase impossível. E são tantas as bicicletas que a melhor solução foi construir um parque de estacionamento debaixo de água.
Entre avenidas, canais, museus e muitas mais bicicletas lá fizemos a primeira visita à cidade de Amsterdão. Aqui ficam as primeiras fotos.




Estávamos a chegar ao famoso Red Light District!

Sem comentários: