04 maio 2016

Viajar nos Açores


Depois do jogo começou a viagem. Uma viagem por toda a ilha de São Miguel.
Em primeiro lugar um curto percurso levou-os até à Reserva Florestal de Recreio do Pinhal da Paz.
Aí ia acontecer o convívio para celebrar a festa do futebol. Mas será que todos iriam aguentar esta viagem? Será que as curvas iriam deitar alguém abaixo? Bom se querem saber devem perguntar à enfermeira de serviço ao clube...

E esta Reserva Florestal de Recreio do Pinhal da Paz também conhecida por Mata das Criações é um parque localizado na Fajã de Cima, concelho de Ponta Delgada. Este parque tem uma área de 49 hectares e está a uma cota de altitude de 240 metros. Foi criado com o objectivo de disponibilizar uma área de lazer, estando dotado de uma zona para piqueniques que inclui infra-estruturas como mesas, bancos e grelhadores com condições para uma refeição de lazer ao ar livre.


Depois de uma manhã solarenga, uma tarde fria e húmida. Todos teriam de vestir o casaco para o almoço. E mais uma vez as gentes da Ribeira Grande, em particular os jogadores do Ribeirinha F. C., foram inexcedíveis na sua generosidade.
Foi um piquenique como há muito não partilhávamos. Uma grelhada de carne excelente acompanhada pelo pão dos Açores. A acompanhar umas traessas com tudo o que poderíamos desejar: massas, açordas com enchidos e outras das quais nem nos lembramos. Para finalizar ananás e uns doces açucarados.
Mas agora perguntamos nós: porque é que a maior parte dos «babetes» acompanhou a refeição com sumo? Será que estavm cansados do jogo de futebol???
Agora tínhamos de digerir a comidinha toda. E nada melhor que subir até ao Mirante do Pinhal da Paz, no Pico do Cascalho.
Três quilometros sempre a subbir para se poder percecionar toda a ilha. Ver que estamos rodeados de água por todo o lado. Nele tem-se uma excelente vista panorâmica da cidade de Ponta Delgada e das costas Sul e Norte de São Miguel.

E depois é descer. Mas cuidado: descer é mais perigoso do que subir.

No final desta missão haeria lugar aos discursos e à troca de troféus.
E neste momento como o máximo responsável fez uma retirada estratégica, por via dea higiene pessoal, os discursos couberam ao Ilídio da Conceição e ao José Guerreiro. Entre muitos agradecimentos afirmado que tudo estava a ser excelente, sendo prometido que tudo faríamos para os receber tão bem em Alcácer do Sal.
E esta tarde maravilhosa, junto da natureza, estava a terminar. Entre conersas amigas lá tiemos de regressar à Ribeira Grande.
E todos rumavam para junto de uma televisão para ver o jogo do «glorioso».
E a Cascata era o destino mais querido... 

Sem comentários: